13
Mar

9 1/2 Semanas de Amor LegendadoIdioma: Inglês
Gênero: Romance
Ano de Lançamento:1986
Duração:104
Sinopse:Neste Filme 9 1/2 Semanas de Amor,Um homem misterioso e discreto seduz uma bela mulher, envolvendo-a em jogos sensuais. Dirigido por Adrian Lyne (Atração Fatal) e com Mickey Rourke e Kim Basinger no elenco. em 9 1/2 Semanas de Amor, Quando Elizabeth conheceu John, ela era inteligente, sofisticada, com o controle de sua própria vida. Intrigada pela personalidade enigmática e distante de John, ela mergulha em um relacionamento de pura sensualidade que se intensifica tornando-se um pesadelo erótico de fantasia e dominação. Logo Elizabeth precisará escolher: entre seus desejos… e sua sanidade mental.

_____________ Assistir o Filme Online ______________

Assistir Filme 9 1/2 Semanas de Amor Legendado Online

Para Assistir em tela cheia clique na imagem:
Assistir no Megavideo em Tela cheia 9 1/2 Semanas de Amor Legendado no menu do filme
Para voltar ao site e so apertar a tecla Esc

CONFIRA! Mediafire - Rapidshare - JumboFiles - Uploaded


Animacao Os Smurfs 2011 Online
Capitao America O Primeiro Vingador
A Era do Gelo 3 Online
Crepusculo Romance Online
A Era do Gelo 1 Online
Crepusculo 2 Lua Nova
Miniserie The Triangle
Serie Aparicoes
Supernatural 6 temporada
A Era do Gelo 2
Bob Esponja o Filme
Mais Series Online
Confissoes de 1 Adolescente em crise
Vovo Zona 3 Tal Pai, Tal Filho

6 Responses to “9 1/2 Semanas de Amor Legendado”

  • renatinha

    pow ela come ein…

  • bruna

    ñ da pra ver nada

  • Simone

    Existem várias personalidades. Personalidades contidas que reprimimos, mas demonstrando ao longo do tempo. Atitudes que fogem à regra do comum, que fringe regras impostas pela sociedade. Até ai, tudo normal? Normal para quem? Um homem absolutamente comum (sedutor, rico, sofisticado), e fora do comum (vontades diferentes ao se relacionar). Existem vontades, desejos que, não simplesmente surgem do nada. São criaturas que foram criadas desde a infância, adolescência, e com o passar do tempo, se tornou comum para este tipo de pessoa que assim se manifesta. São vários os porquês que esta mulher, sofisticada, linda e inteligente poderia ter feito muito antes de se envolver e se entregar dependente da sedução deste homem. Por que ele se excita com brincadeiras incomuns? Por que ele se excita em dominá-la e ao mesmo tempo ser submisso a ela, fazendo tudo por ela? Existia um imenso prazer, mas o prazer também vem do chocolate como da droga. Mas o chocolate engorda e a droga deturpa a realidade. Poderia sim nascer um amor entre essa mulher e esse homem, mas um amor doentil, não saudável. O amor não pode ser doentil. Significa que os vícios de tal pessoa esteja afetando a outra. Suas vontades está afetando, seus desejos está prejudicando as outras pessoas. Mas ela não era obrigada a fazer o que ele queria, mas psicologicamente sim, emocionalmente sim. Ela estava presa no mundo dele, um mundo que aparentemente, poderia até dar certo, mas ainda sim, era incomum e isso, veio se tornando como uma droga. Por que um homem como ele, com um semblante sereno não transparecia por dentro um homem um pouco desequilibrado. Ele era desequilibrado, ou apenas tinha gostos diferentes dos homens em geral? Tudo é preciso analisar porque sempre existiu a teoria do certo e errado, mas hoje, tudo é relativo. Para um o certo pode ser o errado para outro. A psicologia, como ciência pode estudar e explicar muitas causas. Quando se perde a noção do domínio de si e o equilíbrio, deixando que o outro passe a dominar, a partir deste momento nada do poderá vir depois poderá ser bom, ainda que seja. Todo ser humano precisa ter o domínio de si próprio. Você escolhe comer o chocolate ou não. Você escolhe experimentar o ecstasy ou não. Você escolhe entre a pílula vermelha ou a branca (Matrix). A escolha é sua. Dá pra voltar quando aparece a chance. Mas quando não dá, é porque você se deixou envolver em todos os sentidos e agora se sentirá prisioneiro dentro de você mesmo, por alguém que controla mental e emocionalmente você. Um homem belo quanto uma mulher bela, ambos são sedutores. Olhar chocolate é sedutor. É resistir não comer e não é fácil. Tratada como uma quase rainha na cama por este homem, recebendo carinho, atenção, palavras carinhosas, ao mesmo tempo tinha de submeter a certas brincadeiras que para ela tinha pudor, mas se perdeu ao longo dos desejos carnais. Com o tempo, ela sentiu que o prazer estava sugando sua vida, o homem por qual ela desejava sugava sua vida. Ele era um homem superficialmente bem resolvido, mas interiormente alguém insuficiente de perceber que tudo que fazia era apenas continuar comendo o chocolate e engordando sem parar. Um mundo de sexo, um mundo de fantasias, falsidade, ilusões, como Matrix. Um mundo de faz de conta, como o efeito de um ecstasy. Uma não aceitação de que possa haver outra realidade. Um homem que quase foi salvo por esta mulher, ao se apaixonar por ela. Mas continuou naquele mundinho em que ele conviveu sabe-se lá há quanto tempo. Comportamentos que desde já se revelam na infância/adolescência e que não foram observados pela família e/ou tratados, educados, encaixados. Uma realidade única para um homem, porém, uma realidade que esta mulher não aceitou para si. Ela conseguiu sair de Matrix. Ela resistiu ao chocolate. Libertou-se de si própria deixando para trás o mesmo homem (que no filme 2) se revela ainda mais carente, por um passado e pela vício de sua própria realidade.

  • Simone

    Você aceita o chocolate na boca de alguém. Até ai, tudo bem. Isso, não há nada de errado, mesmo que seja incomum. Mas essa, é a minha realidade, é o certo em que eu aprendi culturalmente e intelectualmente. A partir do momento em que alguém queira que eu come mais e mais barras de chocolate, e eu não quero, mas aceito, começo a perder o domínio de si próprio. Sinto desejo por isso? Estou satisfazendo que está gostando disso? Ou simplesmente posso limitar isso? Chocolate é apenas um exemplo porque revela um alimento sedutor, mas que não sacia a fome, não é saudável para o corpo. Existem amores que elevam o grau de prazer, mas não saciam a alma. A sedução por si só, é apenas uma ilusão. Você pode até experimentar, gostar, ficar ou sair da toca do coelho. Independente da sua crença, religião, formação.., a pergunta é: Sou eu quem escolho comer o chocolate? O chocolate sacia a minha alma? Vale à pena viver/continuar um relacionamento que me vejo prisioneira/o? Ou é mais saudável ser livre de suas próprias vontades e desejos? Essa é a pergunta que qlq mulher (ou homem) deve-se fazer quando está em um relacionamento semelhante a este.

Add reply